Sunday, January 07, 2007

Olhando para o Céu!

Gostava que me perdoasses, sabes?
Eu nem sempre sou razoável,
Nem sempre uso a razão.
E tu sabes que não é por mal!

Eu sei que por vezes sou injusto
Sei que por vezes exijo o que não devia
Sei que quero mais do que posso
Mas o onde está escrito que eu não posso ser assim?
Ou melhor, como é que eu faço para não ser assim?

Sou humano lembras-te?
Sou ainda homem.
E não posso esquecer-me disso.
Se me esqueço caio e... magoou-me!
Magoou-me ou magoou simplesmente?
Nunca soube bem essa resposta....

Desculpa lá todas essas coisas.
Não o fiz por mal.
E se algum dia o fiz...
Hoje também me arrependo disso.

1 comment:

Cookie_Monster said...

revejo-me em cada verso.. doi qd somos magoados, mas as xs doi mt mais qd magoamos..

e qd olhamos para tras e vemos algo q ja nao esta connosco.. o céu torna-se muito mais pesado..

*beijinhoooo