Saturday, October 28, 2006

Assim Não Portugal!

Num país onde tantos individuos se orgulham de dizer que lutaram contra o regime;
Num país onde tantos se gabam de terem lutado por uma democracia;
Num país que se afirma livre;
Num país onde um homem governou durante 30 anos;
Num país onde uma cambada de ladrões, gatunos e chupistas fizeram uma revolução a que chamaram "sem sangue" e que roubaram tudo, inclusivamente aquilo a que não tinham direito;
Num país que se "orgulha" de ser "liberal"
Num país onde tantas coisas acontecem,

É vergonhoso que num programa de televisão onde se procura saber quem foi o maior portugues de sempre através da votação dos portugueses, se discuta se Salazar deveria estar na lista e se faça campanha para não se votar em Salazar!

É esta a liberdade Proclamada?
É este o país democrático que tanto é gabado?
É este o país livre?

Ou a Liberdade será só evocada para liberalizar o aborto e os casamentos homossexuais???

É para isso que a liberdade serve?

Assim, é vergonhoso viver em Portugal!

E afirmo com convicção:



Eu votaria Dr. António Oliveira Salazar!

4 comments:

pedro said...

só por acaso é essa liberdade que permite escreveres no teu blog tudo o que te apeteça...talvez no tempo de salazar tambem o poderias fazer pois eras a favor do regime...mas nao te esqeças dos milhares de portugueses que norreram no ultra mar a defender uma utopia que já ningem no mundo praticava o "império" será que a morte destes portugueses ,camponeses lavradores,os ditos simplórios da nossa sociedade valeu a pena, valeu?Uma coisa é certa a maioria dos qe se encontram enterrados no ultramar...nao sao os apoiantes do dr Oliveira de Salazar nao... esses tinham as ditas cunhas ,por serem tao aficionados ao regime eram dispensados por invalidez por médicos corruptos...e falas tu de corrupçao tem vergonha, e pensa pelo momento sem esses teus ideias facciosos a influenciarem o teu pensamento ...pensa se a tua mae ficaria sem o filho ou sem o marido...nao nao ficaria...A familia do meu pai era pró estado novo e tambem perdeu muita coisa durante o 25 de abril...o meu avo ficou desempregado e a minha avo teve que sustentar um agregado familiar de seis pessoas sozinha...devia estar revoltado? Como teu amigo aconselhot a porst na pele daqeles que no tempo de salazar eram contra o regime contra a guerra, contra a fome porque passavan diariamente,ai sem sombra de dúvida perceberás o porquê dos muitos actos irreflectidos que ocorreram no pós 25 de abril...espero a tua resposta pois a democracia e a liberdade que o 25 de abril conquistou permite q dialoguemos abertamente mesmo tendo as nossas divergencias ideológicas...á 40 anos se tivesse a escrever isto possivelmente entregarm ias á pide...pensa nisso... abraçao

Lory Boy said...

Entao porque se fez a revolução se esta udo na mesma???
Se não posso fazer o que quero, qual é a minha liberdade?
Se somos tão democratas porque não nos deixam votar no em Salazar?
Se somos tão livres, porque se limitam apenas a dizer mal do regime? Parece que o regime so fez coisas más!!
Havia quem passava fome! Hoje também há! E não me venham com tretas de que são menos, porque isso é completamente irreal! Mas se para os outros não passarem fome, eu preciso de passar por ela, então não sei qual é a justiça desta revolução, e que tanto ela proclama?
É a de votar no aborto e na morte às crinacinhas?
Muita gente foi ha guerra porque foi obrigada! Muitos fugiram.....Muitos dos que fugiram são aqueles em quem tu agora votas e te mandam para a guerra... Muita guerra dessa que nem se quer é tua nem do teu país!
Muitos também foram por amor à patria e muitos deles também apoiantes do regime, que andam ainda vivos! Se quiserem pergunta-lhes!
Se te orgulhas do Mario Soares, deves-te sentir muito feliz com a tua democracia, visto que o homem que a ergueu e a colocou na europa, disse uns dias atrás que o que era bom era sair da união europeia!
Salazar podia ser bom e mau, mas não deixa sem dúvida nenhuma de ser uma das figuras mais marcantes da hístoria de Portugal!
E concerteza melhor que o Cavaco!

pedro said...

primeiro nao sou apoiante do mário soares, segundo Há dados concretos q indicam que o nivel e a qualidade de vida em portugal melhorou substancialmente desde o fim do estado novo , terceiro nunca utilizes o diminuitino num discursco argumentativo dizer " criancinhas"dá um tom sarcástico e hipócrita hás tuas palavras o que por consequente tira validade a todo o teu discurso 4 ponto e ultimo fico surpreso em saber que de repente o teu apoio pelo Cavaco encontra se num patamar muito abaixo daquele em que se encontra na fase anterior ás eleiçoes presidenciais...sem mais nada a acrescentar um grande abraço

Lory Boy said...

Em primeiro lugar, o que tira credebilidade ao discurso, não são os diminutivos, São as mentiras!
E tu só ai disses-te duas: em primeiro lugar, eu nunca apoiei o cavaco, e incluo na minha resposta que nem sequer votei nele! Sempre afirmei que para mim qualquer um dos candidatos que se encontrvam na corrida à presidencia eram de esquerda!
Em segundo lugar, gostaria de ver as provas das melhorias do nivel de vida! Podes dizer que há mais liberdade? Não! Podes dizer que há uma liberdade diferente! Antes não podias fazer certas coisas que agora fazes! E não podes fazer certas coisas que fazias antes!
Censura?? Não há a que conhecias na altura! Ha outras de que sofres!
Pobreza já não ha??
Não me parece, cada vez vejo mais!
Desemprego! Aumenta todos os dias!
Analfabetos? Diminuiram sim! Mas o nivel do ensino também! Hoje sabes menos do que antes! E o que sabias antes não te serve para nada!
Preços aumentam!
Cada vez mais, o teu espaço e menos teu! e culpa de quem?
Se seguirmos a linha de pensamento do proprio e de toda a gente, deve ser do Santana Lopes!!!
Com franqueza.... não me parece que tenham havido melhorias muito grandes...
A não ser que queiras considerar que a entrada na união europeia é algo de bom? E que já nem o homem que nos meteu lá acredita nisso!