Friday, November 03, 2006

O Cornudo, o Burro e a Vaca!

E agora um pouco de parvoisse sobre o tema!



Comecemos pelo fim!

A Vaca

Penso que o mais obvio dos 3 animais, o mais fácil de explicar e a vaca.
Racionalmente, só o nome "vaca" representa já algo na sociedade de hoje.
Cada vez mais, a vaca ganha peso na sociedade, o que não é de estranhar, visto que cada vez mais se entranha na sociedade portuguesa a cultura de tarados.
Pois bem, as "vacas põem-se a jeito" e pimba: daqui a nove meses, bebe pela certa.
E depois que se faz?
Hoje neste país propõem o aborto.

Passando para o Cornudo!

Tal como a vaca, o cornudo começa a ganhar peso na sociedade, principalmente graças ao trabalho da "vaca", mas isso são outras contas.
A relação que pretendo fazer é simples e nada tem a ver com a vida familiar e doméstica. Ou pelo menos não tanto como pretendem.
Ora pois bem. O cornudo é por si só um elemento que possui uma córnea, quer ela seja palpável ou não. Faço-me entender? Não? Então vejamos...
Para além do tradicional animal cornudo que é o toiro (muitas vezes também designado por boi, ou mesmo vaca!!!), começa a surgir um pouco por todo o mundo, uma nove geração de cornudos - o tradicional homem a quem a mulher, devido às suas travessuras, o engana, e lhe coloca aquilo que na gíria se costuma definir como "um valente par de cornos" - que só agora se percebeu que tem uma certa afinidade com o burro, mas isso depois se verá. Não só esta raça existe, mas depois existe outra que reclama um par de cornos na cabeça, sem ninguém perceber muito bem porquê. Esses Costumam encontrar-se junto de praças de toiros, fazendo campanha contra a tradição nacional e a opressão e violência que, dizem, é exercida sobre os animais. Ora o cornudo, como homem pensante, procura (penso eu!!!) procurar a coerência, sendo que prefere proteger os familiares, ou seja os toiros, as vacas, e os animais chifrudos, em vez de crianças, que são tão frágeis, que nem um par de cornos têm para se defender. "Os animais Sim! As pessoas Não!" ou "Quanto mais conheço os homens, mais gosto dos animais" são algumas das frases que proclamam por ai!
Não se importam de sofrem injustiças pelos animais, mas preferem comete-las a votar numa lei que pretende matar criancinhas.
"Não arranquem a pele ao bicho, Mas espetem uma faca no bebe" - que incoerência!! Mas que festival é este? O bicho é um coitadinho que não se pode defender?
Então e o bebe?

O Burro

O burro é a terceira hipótese do português que vota pelo aborto, mas que no fundo e o resultado dos outros dois!

Pobres animais!!!

Ou Portugal é um país muito infiel, ou não se percebe como há tanta preferência pelos bichos e tanta violência contra as crianças!!!!

Votem NÃO se não querem ser animais.

_________________________________________________________________________________
Imagens retiradas respectivamente de:

http://matias.skocir.escornudo.com/

http://www.lewiston.k12.id.us/staff/sbranting/special.htm

http://www.uco.es/~cc0semop/animales/paginas/image14.htm